Este blog foi feito com a intenção de expressar idéias, pensamentos e questionamentos. Assuntos dos mais variados tipos sempre tratando de pessoas. Fique à vontade para debater o tema nos comentários de cada post expressando sua opnião sobre o assunto.

Seja bem vindo!







sexta-feira, 21 de maio de 2010



Veio até mim - Quem deixou - Me olhar assim - Não pediu - Minha permissão - Não pude evitar - Tirou meu ar - Fiquei sem chão...

Menino bonito - Menino bonito, ai! - Ai menino bonito - Menino bonito, ai!

É tudo o que eu posso - Lhe adiantar - O que é um beijo - Se eu posso ter o teu olhar? - Cai na dança, cai!- Vem prá roda - Da Malemolência...

Menino bonito - Menino bonito, ai! - Ai menino bonito - Menino bonito, ai!

Chego de mansinho, veio vagarinho - ohhh menino não faz assim não - que eu lhe dou todo meu carinho...

música: Céu - Malemolência


quarta-feira, 19 de maio de 2010

Pensamentos soltos traduzidos em palavras




Às vezes eu não sei pra onde ir, onde ficar, onde existir
Às vezes eu não sei o que fazer, o que pensar, onde fugir
Às vezes eu quero tudo ou não quero nada e não sei mentir
Às vezes gosto muito, outras quase nada e assim vejo partir
Às vezes estou aqui, às vezes estou lá ou em outro lugar
Às vezes vou vivendo, mentindo e me iludindo
ou às vezes vou olhando, me aproximando e experimentando.


Bruna Rosa

quinta-feira, 6 de maio de 2010

Qual é a sua praia?



Alguém em algum momento de sua existência parou para pensar nisso, qual é a sua praia?
Qual é o jeito que você gosta de se vestir, quais lugares gosta de frequentar, com que tipo de pessoa você se identifica, enfim, características que você tem que acabam definindo o seu perfil de pessoa.
Sim eu sei que isso restringe muito as possibilidades que podemos ter, principalmente no nosso processo evolutivo em que vamos passando por muitas tribos, jeitos e até vestimentas até encontrarmos a ideal, mas é que lá na essência eu imagino que tenha um estilo, uma personalidade e até cultura que está nas nossas raízes pessoais.
É ai que quero chegar, você já descobriu a sua?
Eu particularmente já tive algumas, acho muito legal e até necessário experimentar coisas para saber com quais nos identificamos mais, mas acho que no fundo sempre segui uma linha mestre que ia me guiando por onde andei.
Enfim, esse post foi só para uma breve reflexão e uma dica.
Primeiro se descubra, vá além do convencional procure no fundo do seu eu o que realmente te faz feliz e depois se aceite. Entenda que você não vai poder por exemplo ser feliz com o modelo de vida que fulano ou ciclano tem, você é diferente, nascemos diferentes uns dos outros e é ai que mora toda a graça.


Bruna Rosa

segunda-feira, 3 de maio de 2010

Pequenos prazeres



Sim, acredito que a vida seja feita de pequenos prazeres.
Coisas sutís e pequenas que acontecem na vida do ser humano que fazem toda a graça.
Cada um escolhe para sí um tipo de pequeno prazer que mais gosta, uns gostam de um bom filme, outros de música (cada um escolhe seu estilo preferido), outros de exercícios e até mesmo de festa, dança, bebidas, enfim...cada um escolhe o que lhe traz uma energia melhor e o qual sensação cada pequeno prazer lhe traz.
E a moral da história é, não devemos deixar esses pequenos prazeres de lado. A maioria de nós tem uma vida de rotina, trabalho, faculdade, família, enfim, coisas que exigem nossa atenção na maior parte do nosso tempo.
Então para mim é coisa mais do que certa que devemos nos permitir em determinados momentos, se não, corremos o risco de enlouquecer e perder toda a parte divertida de nossa passagem por esse mundo tão doido.

Bruna Rosa